Cine Teatro exibe filme protagonizado por André D’Lucca

Além de “Sua Vida é Você Quem Faz”, também será exibido “Céu e Água”, ambos do cineasta João Bertoli

0
76
André D'Lucca interpreta Gonçalino (à direita) na trama

Dando continuidade à mostra ‘Realizadores de MT’, que integra o projeto ‘Encontros com Cinema’, o Cine Teatro Cuiabá brinda o público com o curta “Sua vida é você quem faz (2015)” e com o documentário “Céu e Água (2007)”, ambos do cineasta João Carlos Bertoli. A sessão começa às 19h30 desta terça-feira (14.05). A entrada custa R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

Estrelado pelo ator André D’Lucca, “Sua vida é você quem faz” também conta com outros importantes nomes do audiovisual mato-grossense, como Amauri Tangará, Lioniê Vitório, Daniela Leite, Júlio Carcará, Vini Hofmann, Fabrício Chabô, Rafaela Salomão e Romeu Benedito.

Além deles, artistas de outras linguagens artísticas também marcam presença em cena, a exemplo do cantor de rasqueado Roberto Lucialdo e do artista urbano Babu Seteoito.

O filme foi gravado no cenário urbano de Cuiabá, de modo que o sotaque e os trejeitos locais estão presentes na obra. Em 15 minutos, o curta apresenta a trajetória de Gonçalino (D’Lucca), um jovem pai com poucas possibilidades de garantir uma vida melhor para a família.

Desempregado e inserido num contexto marcado pela violência, ele luta para tentar garantir o pão de cada dia da família com dignidade, algo que a cada dia se mostra mais difícil. Até que o acaso lhe apresenta uma oportunidade. Então Gonçalino precisa tomar uma decisão: ir pelo caminho correto e mais difícil, ou tomar um atalho?

CÉU E ÁGUA

A outra produção, “Céu e Água (2007)”, se situa numa das regiões mais belas e ricas em biodiversidade do planeta: o pantanal mato-grossense. O documentário apresenta o cotidiano de um povo cuja sabedoria e observação construiu, ao longo de séculos, um modo de vida simples e sintonizado com a natureza mutável da região pantaneira.

Na seca ou na cheia, pescador ou vaqueiro, homens e mulheres, falam de seu dia a dia, seu trabalho e sua fé. Com muita sinceridade, belas imagens e um linguajar típico, o filme captura a essência deste povo.

REALIZADORES DE MT

A sessão “Sessão Realizadores de MT” segue até o dia 21 de maio, às 19h30, sempre nas terças-feiras. Importantes realizadores mato-grossenses tiveram algumas de suas obras exibidas na sessão, como Luiz Marchetti, Eduardo Ferreira, Amauri Tangará & Tati Mendes, Coletivo Audiovisual Negro Quariterê e Coletivo Miraluz. Agora é a vez de João Bertoli. A programação foi idealizada e será mediada por Diego Baraldi e Aline Wendpap.

JOÃO BERTOLI

Cuiabano, João Carlos Ferreira Bertoli é cineasta formado pela FAAP/SP (1995). Sócio-proprietário da produtora de audiovisual Lamiré Cinema e Vídeo Ltda. Bertoli possui ampla experiência no campo do audiovisual, atuando como roteirista, diretor e diretor de fotografia.

Além de dirigir e roteirizar os dois filmes que serão exibidos nesta terça, ele também já foi diretor de fotografia dos curtas “Le Mur” (Severino Neto, 2014), “Licor de Pequi” (Maria Thereza Azevedo, 2015) e Filhos da lua na terra do sol” (Danielle Bertolini, 2016).

E Bertoli também assinou a fotografia dos longas “Nenhures” (Amauri Tangará, 2014), do documentário “De volta pra casa” (Danielle Bertolini, 2015) e do telefilme documentário “As cores que habitamos” (Maria Thereza Azevedo, em finalização).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here