Cuiabana faz ‘vaquinha’ para participar de festival de música na Rússia

A violinista Lindi Mariani foi convidada pelo professor argentino Alejandro Drago, porém precisa de R$ 4 mil para arcar com metade das despesas

0
101
Lindi precisa arrecadar cerca de R$ 4 mil para poder participar do festival

A violinista cuiabana Lindi Elis Conceição Mariani, 22, foi convidada pelo professor de música Alejandro Drago, que é argentino, para participar de um importante festival de música na Rússia. Trata-se do “Grand Piano in Palace Music Festival and Competition”, que será realizado entre os dias 1 e 10 de agosto, na cidade de São Petersburgo. Assim, para tentar garantir sua participação, a musicista recorreu à uma “vaquinha online” para arrecadar fundos e arcar com parte dos gastos.

Afinal, embora Lindi tenha sido convidada, o festival só arca com 50% do valor total dos gastos, estimados em R$ 8 mil, por isso ela ainda precisa de cerca de R$ 4 mil para poder participar do quarto evento internacional em sua carreira.

“Creio que todo estudante de música que se dedica ao instrumento almeja ter uma experiência como essa que me foi oferecida. Ser convidada pra um festival como esse é de grande honra e reconhecimento”, comenta Lindi, que é bolsista do Instituto Fernando Pereira.

A musicista começou a aprender tocar violino aos 12 anos

E, além de possibilitar que os convidados se apresentem, o evento ainda conta com formações e vivências com profissionais e artistas renomados mundialmente. A programação conta com “Master Class, participação em orquestra, recital de alunos, workshops, palestras, concertos de professores do festival e também uma competição entre vários instrumentistas”, relata Lindi.

Este é o quarto evento internacional que a cuiabana participará a convite do professor de violino. Eles se conheceram em 2015, no Festival de Música nas Montanhas, que acontece em Poços de Caldas-MG. “Ele me achou talentosa, pediu pra conversar comigo e me convidou para ir em um festival de música em Praga (República Tcheca), em 2015 mesmo. Desde então, eu busco participar de festivais dos quais o Alejandro participa como professor”, revela.

Este é o quarto evento internacional que Lindi é convidada pelo violinista argentino Alejandro Drago (foto)

E depois de Praga, a jovem violinista, que começou a se dedicar ao instrumento aos 12 anos, também já se apresentou em Caracas (Venezuela). E em 2017 participou de um festival no Mississipi (EUA). E agora espera ir para a Rússia.
No entanto, para concretizar mais este sonho, depende da vaquinha virtual para arrecadar os R$ 4 mil para custear os translados/passagens áreas. Até o momento do fechamento desta matéria, ela havia arrecadado R$ 1230. As doações podem ser feitas até o dia 14 de julho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here