Feira propõe “Desapego Coletivo” em dia de vivências, trocas e arte

O evento conta com atrações musicais, exposição de plantas, brechós, projeções em telão, escambo de itens pessoais e oficinas de teatro, yoga e compostagem

0
64
A feira reúne atrações artísticas, expositores, comidas e muito mais

A Chácara Paraíso, como sugere o nome, é um ambiente arborizado e aconchegante localizado no bairro Coophema. E é neste espaço que acontece, a partir das 15h deste domingo (09.08), a feira ‘Desapego Coletivo’, uma proposta que reúne atrações artísticas, expositores, comidas… Enfim, além do evento em si, a ideia é proporcionar um dia de vivências e trocas entre os presentes. A entrada é gratuita, mas é aconselhável retirar um ingresso virtual para colaborar com uma melhor organização.

Durante todo o dia (a feira acontece até às 22h), várias atividades estão programadas, como escambo (troca de itens pessoais em bom estado), brechós, música (Jéssica Sabiá, Instinto Groove, Ahgave e banda Maha), exposição de plantas, projeções audiovisuais em telão, oficinas de teatro, de compostagem, de terrário e de yoga (a inscrição para qualquer uma delas é 1 kg de ração de gato), além de uma mostra de pesquisa e extensão da UFMT (Movimento Balbúrdia).

A cantora e compositora Jéssica Sabiá é uma das atrações artísticas

O escambo é uma atividade que merece destaque. A prática é como se simbolizasse a troca que a feira proporciona, afinal de contas cada item pessoal está impregnado (no melhor sentido da palavra) de afetividades, histórias e significações íntimas. Por isso, este ato de dar – e receber algo semelhante em troca – transcende qualquer lógica comercial ou mercadológica.

Não por acaso, a descrição da página no Facebook pontua que a “vontade de mudança não precisa fomentar o consumo desenfreado. Através do escambo é possível dar utilidade a objetos pessoais que não são mais usados e ressignificar os produtos adquiridos por meio dessa vivência”.

E para falar dos brechós também é necessário um parágrafo à parte. Ao todo, são 13: ‘V de vintage’; ‘Brechó 570’; ‘Brechó da Maria’; ‘Brechó das Gateiras’; ‘Encontrei lá Brechó’; ‘Brechó da Magna’; ‘Atitude Vintage Brechó’; ‘Store Passion’; ‘Desapego Store’; ‘Dani K’; ‘Bazar Drop It’; ‘Germina MT’ e ‘Brechó do Vinicius’.

Ao todo, 13 brechós vão expor suas peças na feira

Para desfrutar da natureza do local, a organização dá a dica de levar uma canga para se jogar na grama e aproveitar o dia. A ideia é fazer com que as “pessoas vejam o que consomem com outros olhos, um outro ponto de vista que consegue enxergar que nada se perde, tudo se transforma”, reforça a descrição do evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here