Flor Ribeirinha representa cultura popular brasileira na China

0
148
Foto: Pedro Ivo

Por Túlio Paniago

Em ano de celebração do tricentenário de Cuiabá, o Flor Ribeirinha enche a capital de orgulho ao representar a delegação brasileira no tradicional Qujian Spring Festival 2019. O grupo, sediado na comunidade São Gonçalo Beira Rio, embarca nesta terça-feira (22) para um mês de turnê internacional. “Além de novas vivências culturais na China, Mato Grosso dança o Brasil pela manhã, tarde e à noite durante os próximos 30 dias”, celebra o diretor artístico e coreógrafo do grupo, Avinner Augusto. Coincidentemente, no sábado (19), o Pensar Cultura publicou aqui o documentário produzido pelo projeto Tipos Mato-grossenses sobre a matriarca e fundadora do grupo, Dona Domingas Leonor.

“Mato Grosso Dançando o Brasil”, como é intitulado o espetáculo a ser apresentado durante o “Festival da Primavera”, já rodou o mundo e, só na Europa, foi visto por cerca de 500 mil espectadores em 2018, isto depois de consagrar, no ano anterior, o Flor como campeão de um dos maiores festivais de folclore do mundo, o Büyükçekmece Internacional Festival, na Turquia. Além disso, o grupo mato-grossense já rodou por diversos países latino-americanos e por todo o Brasil.

Desta vez, o destino é a Ásia, mais especificamente Xi’an, famosa cidade dos Guerreiros de Terracota. O festival acontece entre os dias 28 de janeiro e 20 de fevereiro e reúne as mais diversas expressões da cultura popular mundial. Delegações de diversas partes do mundo estarão presentes no evento que celebrará, também, o Ano Novo Chinês (05.02) e a chegada da primavera.

Foto: Pedro Ivo

E, durante os dias que antecedem as apresentações, os dançarinos participam de vivências culturais, festa de boas-vindas e conhecem importantes pontos turísticos da região. No dia 25, por exemplo, eles serão apresentados à história do país no Exército de Terracota, em Lintong (Shaanxionde), e no dia 26, no Palácio Daming, em Xi’an.

“Ir a China é um presente. Significa a consolidação do Flor Ribeirinha como legítimo representante da cultura popular brasileira no cenário mundial. Estamos muito honrados com o convite da FEBRARP e extremamente felizes por começar 2019 com uma grande ação internacional, em um país que é referência em preservação de sua cultura”, ressalta Avinner.

Foto: Pedro Ivo

A viagem também marca o início das turnês de 2019 da Federação Brasileira de Artes Populares. Responsável por mais uma grande experiência do grupo, a FEBRARP Brasil dá início às festividades do aniversário de 20 anos.

Após a turnê, Avinner ressalta que as ações do Flor Ribeirinha continuam à todo vapor em Cuiabá, especialmente na preparação para os 300 anos. “Além de levar a cultura cuiabana aos olhos do mundo, vamos ter ações importantes na capital. Serão apresentações de boas-vindas aos servidores da Seduc, na nossa Festa de São Gonçalo, além da participação na programação de Carnaval da comunidade e possivelmente, no concurso da Rainha do Carnaval”, finaliza o coreógrafo. (Com Assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here