História da capoeira em MT é tema de palestra e livro

Escrita pela autora e palestrante Adinéia da Silva Leme, a obra aborda a capoeira como uma arte que une povos e culturas diferentes

0
86
'Jogar Capoeira' , de Johann Moritz Rugendas, de 1835

Para difundir e preservar a memória dos mestres da capoeira no Estado, a Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça promove a palestra ‘Capoeira: da senzala à imaterialidade’, ministrada por Adinéia da Silva Leme, autora de livro homônimo. O evento integra o trabalho de divulgação da obra e será realizado no dia 25, das 8h às 12h, no Palácio da Instrução.

A palestra é gratuita e voltada para professores, historiadores, pesquisadores e público geral interessado no tema. Os participantes terão direito a certificado.  Ao todo são 50 vagas e as inscrições podem ser feitas neste link.

O livro, cujo subtítulo é “As vivências dos mestres e a história da capoeira em Mato Grosso”, foi lançado este ano pela editora CRV. A obra aborda a capoeira como uma arte que une povos e culturas diferentes.

“O início da história da capoeira no Brasil se funde com a história da resistência dos negros no país. Pois, mesmo com o fim da escravidão, os capoeiristas tinham a capoeira como uma das formas de manter o ideal de liberdade e resistência”, destaca a sinopse.

‘O início da história da capoeira no Brasil se funde com a história da resistência dos negros no país’, destaca sinopse do livro

Como método de apuração, a autora conversou com mestres para captar significados, memórias e sentimentos. A proposta da pesquisadora foi contar a história pela perspectiva das pessoas para estimular o sentimento de pertencimento, perpetuação e valorização da capoeira às gerações futuras.

Serviço

A Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). Está localizada na Rua Antônio Maria, 151, Centro de Cuiabá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here