Museus de Cuiabá integram programação da 17ª Semana Nacional de Museus

Casa Dom Aquino, MASMT, Galeria Lava Pés e Museu Residência dos Governadores são algumas das mais de mil instituições culturais brasileiras que apresentam programação entre os dias 13 e 17 de maio

0
69
Após dois anos fechado, o Museu de Arte Sacra de Mato Grossou reabriu recentemente

“Museus como Núcleos Culturais: o Futuro das Tradições”. Este é o tema da 17ª Semana Nacional de Museus, que vai de 13 a 17 de maio deste ano, em todo o Brasil. A temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus – Ibram, em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio), incentiva, nesta edição, mais de mil instituições culturais de todo o país que oferecem ao público cerca de 3 mil atividades especiais, como visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes e muito mais.

Em Mato Grosso, os museus do Estado também preparam uma programação voltada para a valorização desses aparelhos culturais essenciais para o desenvolvimento sociocultural da população. Todas as atividades são gratuitas e têm a intenção de mobilizar o público a visitar as instituições museológicas.

“Valorização é a palavra de ordem. É preciso cuidar, é preciso preservar e, essencialmente, é preciso prestigiar. Ficamos tanto tempo com os museus de portas fechadas e a agora, que estão abertas novamente, precisamos valorizar, mais do que nunca”, comenta o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Allan Kardec.

CASA DOM AQUINO
Para a coordenadora do Museus de História Natural Casa Dom Aquino, Suzana Hirooka, esta é uma boa oportunidade para voltar as atenções para as atividades museológicas do país. “Não se trata mais de um evento embrionário, estamos falando da 17° Semana Nacional de Museus, lá se vão quase duas décadas e o Museu de História Natural Casa Dom Aquino participou de todas as edições. Este é um momento importante de reflexão.

A Casa Dom Aquino participou de todas as edições da Semana Nacional dos Museus

Uma bela oportunidade para as pessoas visitarem os museus de suas cidades dando o devido valor para esses equipamentos guardiões do patrimônio material e imaterial da nossa cultura”.

Na programação da Casa Dom Aquino, além de visitas monitoradas, sempre de terça-feira a sábado, das 8h às 18h, estão programadas duas importantes palestras: Etnobiologia e o Futuro das Tradições, com a Drª Carolina Joana Silva, professora da Unemat e Direito Imemorial do Povo Boé Bororo, com Ms. Adriano Boro Makuda. Ambas as palestras ocorrem na terça-feira, (14) a partir das 19h30, no Museu de História Natural Casa Dom Aquino.

“Mato Grosso tem uma riqueza enorme quando o assunto é cultura indígena. Temos muitas etnias e, consequentemente, muitas línguas, culturas e tradições. E a impressão que temos é que tudo isso está ameaçado. Precisamos, sim, valorizar e esta é uma boa oportunidade”, ressalta Hirooka, referindo-se a palestra sobre Direito Imemorial do Povo Boé Bororo.

Aos interessados, as inscrições estão abertas e podem ser realizadas gratuitamente pela internet, no link a seguir: https://bit.ly/2LrRnPD

MASMT

Já no Museu de Arte Sacra de Mato Grosso haverá visitas monitoradas pela exposição permanente, com destaque para os famosos retábulos da antiga Catedral demolida em 1968, a nova ala de instrumentos musicais da Igreja do Bom Jesus de Cuiabá do período colonial e o acervo de Dom Aquino Corrêa, dentre muitas outras peças pertencentes a exposição permanente.

No MASMT também estão programadas para a 17ª Semana Nacional de Museus uma oficina de construção de filtros do sonho, agendada para sábado (18), a partir das 13h, e mediações diárias para a exposição temporária Festas Religiosas em Cuiabá, que segue em cartaz até dia 09 de junho.

Para a coordenadora do MASMT, Viviene Lozi, este é um ano importante para celebrar e valorizar as atividades dos museus do Estado. “O Museu de portas abertas novamente é uma conquista da sociedade e da instituição que sempre insistiu no segmento do patrimônio, com o intuito de valorizar e preservar a nossa história. Nosso objetivo é fazer com que o aparelho se recoloque novamente para a sociedade, com atividades educativas e culturais, pesquisas e preservação do patrimônio”.

GALERIA LAVA PÉS

Quanto à Galeria de Artes Lava Pés, a exposição ‘O Egito Sob o Olhar de Napoleão’, da Coleção Itaú Cultural, apresenta um deslumbrante acervo voltado ao conhecimento científico no período das grandes conquistas napoleônicas. Ela segue em cartaz com entrada franca, de segunda-feira a sexta-feira, entre as 8h e as 18h.

Exposição ‘O Egito Sob o Olhar de Napoleão’ na Galeria Lava Pés

“É um privilégio e uma grande responsabilidade abrir as portas da Galeria novamente. Mas não basta apenas estar de portas abertas, é respeito para com o público, cada dia mais exigente. Nossa missão é oferecer o que de melhor as artes têm a proporcionar”, conclui o secretário Allan Kardec.

MUSEU RESIDÊNCIA DOS GOVERNADORES

Durante 45 anos, a Residência dos Governadores abrigou 14 dirigentes do Estado e suas famílias. Atualmente tem funcionalidade museológica, mais um equipamento cultural que expões de forma permanente e didática itens do antigo mobiliário, pratarias, louças, entre outros objetos antigos, aberta de segunda-feira a sexta-feira, sempre das 10h às 17h.

O acervo do Museu Residência dos Governadores é rico em pratarias e louças antigas

A Residência dos Governadores está localizada no Centro Histórico de Cuiabá e é considerada um importante espaço para a sociedade cuiabana pelo seu valor histórico e arquitetônico. Inaugurado em 1940, o projeto do prédio tem estilo neocolonial de matriz norte-americana, chamado às vezes de estilo “mission”, baseado nas antigas missões espanholas da Califórnia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here