UFMT exibe sessões de cinema negro e LGBT

‘Sessão Afrocine Coletivo Quariterê’ reúne filmes de realizadores negros; E no ‘Dia Internacional contra a LGBTfobia’ todas as produções são relacionadas ao universo LGBT

0
288
A produção nigeriana 'Oya – Rise of The Orisha' é uma das atrações

A programação da segunda metade do mês de maio do Cineclube Coxiponés, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), apresenta sessões temáticas que estão no centro de discussões e reflexões contemporâneas. Nesta quinta-feira (16.05), às 19h, a ‘Sessão Afrocine Coletivo Quariterê’ exibe seis filmes de realizadores negros, sendo cinco nacionais e um nigeriano. E na sexta (17), no Dia Internacional contra a LGBTfobia, também às 19h, serão exibidos cinco curtas nacionais, sendo que um deles é mato-grossense. A entrada é gratuita em ambas as sessões.

SESSÃO ‘AFROCINE COLETIVO QUARITERÊ’

Sob curadoria da realizadoraAnna Maria Moura e mediação do Coletivo Audiovisual Negro Quariterê, o Auditório do Centro Cultural da UFMT exibe seis curtas, dentre eles o nigeriano “Oya – Rise of The Orisha (Nosa Igbinedion, 2014, 13’).

Os outros cinco são produções brasileiras. Trata-se de “Coração do Mar (Rafael Nascimento, SP, 2018, 20’)”; “Esconde-Esconde (Don Felipe e Luciana Bollina, RJ, 2016, 6’)”; “Pé de moleque (Henri Schonfelder, PR, 2017, 11’)”; “Deus (Vinicius Silva, SP, 2012, 25’)”;” “Òpárá de Òsùn: quando tudo nasce (Pâmela Peregrino, BA, 2018, 4’)”.

DIA INTERNACIONAL CONTRA A LGBTFOBIA

E no dia seguinte, naSala Névio Lotufo do Cineclube Coxiponés, serão exibidos cinco curtas nacionais cuja temática tenha alguma relação com o universo LGBT, inclusive um deles é o mato-grossense Majur (Rafael Irineu, 2018, 20’).

Após a sessão, os presentes poderão participar de uma conversa com Menotti Griggi (Militante LGBT e Coordenador Estadual Aliança Nacional LGBTI+) e Danyella Veyga (Ativista LGBT+ e dos Direitos Humanos).

Além de ‘Majur’, também serão exibidos “Humanas (Lucas Paixão, 2017, PA, 17’)”; “Inconfissões (Ana Galizia, RJ, 2017, 22’)”;  “Sair do armário (Marina Pontes, BA, 2018, 3’)”; e “Verde Limão (Henrique Arruda, RN, 2018, 18’)”.

SERVIÇO

Sessão Afrocine Coletivo Quariterê

Local: Auditório do Centro Cultural da UFMT

FILMES:

Coração do Mar (Rafael Nascimento, SP, 2018, 20’)

Esconde-Esconde (Don Felipe e Luciana Bollina, RJ, 2016, 6’)

Pé de moleque (Henri Schonfelder, PR, 2017, 11’)

Deus (Vinicius Silva, SP, 2012, 25’)

Oya – Rise of The Orisha (Nosa Igbinedion, Nigéria, 2014, 13’)

Òpárá de Òsùn: quando tudo nasce (Pâmela Peregrino, BA, 2018, 4’)

17.05 – Dia Internacional contra a LGBTfobia

Local: Sala Névio Lotufo do Cineclube Coxiponés

FILMES

Majur (Rafael Irineu, MT, 2018, 20’)

Humanas (Lucas Paixão, 2017, PA, 17’)

Inconfissões (Ana Galizia, RJ, 2017, 22’)

Sair do armário (Marina Pontes, BA, 2018, 3’)

Verde Limão (Henrique Arruda, RN, 2018, 18’)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here