MACP recebe a poeta e artista plástica Regina Pouchain para bate-papo

0
61

A poeta e artista plástica Regina Pouchain participa nesta terça-feira (11.12), às 14h, de um bate-papo sobre a exposição-homenagemin memoriamao poeta intensivista, artista visual e gráfico Wlademir Dias-Pino, em exibição no Museu de Arte e Cultura Popular da Universidade Federal de Mato Grosso (MACP/UFMT).

Regina é a curadora da mostra, que tem como tema “O Olhar Cria Esquinas para o Azul”, e também parceria de vida do artista por muitos anos – o que rendeu inúmeras obras visuais inéditas.

De acordo com os organizadores, a ideia da mostra é ampliar o entendimento e conhecimento sobre a identidade visual da UFMT, em uma exposição inédita, que revela o estudo minucioso realizado pelo Mestre das Artes Visuais. A visitação segue aberta até 31 de janeiro de 2019.

48 anos

A exposição abriu a programação dos 48 anos da UFMT, no último dia 03. Na oportunidade, a reitora da UFMT, professora Myrian Serra, lembrou da visão do artista para a Instituição ainda nos primeiros anos de sua fundação.

“Da mesma forma que Dias-Pino dizia, acreditamos que a Universidade é a casa do saber, do conhecimento, da contradição. Por isso, estamos felizes e emocionados em abrir a comemoração dos 48 anos com essa exposição-homenagem a ele, que teve a oportunidade de participar da fundação da Uniselva e nos presenteou com essa logo, que faz parte da identidade das pessoas que por aqui passaram”, disse.

Dias-Pino deixou sua marca na cultura do Estado e na história da UFMT. “Sua contribuição foi do tamanho de Mato Grosso. Ele adotou esse estado, amou Mato Grosso, deu a vida por esta terra e pela UFMT. Ele realmente viveu cada dia a Universidade de continuará perfumando os nossos dias de tanta luta, força e esperança”, afirmou o Pró-Reitor de Cultura, Extensão e Vivência, Fernando Tadeu de Miranda Borges.

Responsável pela concepção visual e diagramação do caderno que acompanha a exposição, o designer gráfico Maurício Mota explicou sua inspiração no trabalho de Dias-Pino. “O legal do trabalho dele é que funciona como uma essência. É possível dali extrair ideias infinitas para você compor novos grafismos. A partir dele, você traz à tona novos trabalhos, como se fosse uma fonte na qual você pode beber para se inspirar”, contou.

Wlademir Dias-Pino foi um dos mais respeitados nomes da poesia visual brasileira e, em 2013, recebeu o título de Doutor Honoris Causa da UFMT ““pela inegável e notória importância do conjunto de sua obra, que se insere em movimentos culturais de vanguarda em níveis local, nacional e internacional, em trajetória que leva consigo o nome da UFMT”, conforme parecer da comissão de análise do Conselho Universitário (Consuni) que lhe outorgou o título. Ele faleceu no dia 30 de agosto, no Rio de Janeiro.

Confira a galeria de fotos Aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here