Amigos criam ‘vaquinha virtual’ para custear tratamento do ator André D’Lucca

Para arcar com os custos e dar continuidade ao tratamento, a vaquinha objetiva arrecadar R$ 30 mil

0
265
André está internado desde terça-feira (05.03)

Internado há sete dias por conta de um quadro de depressão e desnutrição, o ator André D’Lucca, criador da célebre Almerinda e tantos outros personagens, tem recebido a solidariedade de amigos e fãs. Tanto é que, devido aos altos custos dos medicamentos e procedimentos médicos, foi criada uma “vaquinha virtual” para custear e dar continuidade ao tratamento.

Atualmente, André está internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), do Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá. Trata-se de instituição da rede pública, porém ele só foi transferido para o local no sábado (09). Até então, desde terça (05), esteve internado no Hospital Jardim Cuiabá, e os custos, segundo fontes próximas, são estimados em cerca de R$ 20 mil.

Além disso, após receber alta, ainda terá que continuar com a medicação e o tratamento. Por isso, a meta da vaquinha é arrecadar R$ 30 mil. A iniciativa foi lançada neste domingo (10) e segue até o dia 14 de abril. Até o fechamento desta matéria, já havia sido arrecadado R$ 1850.

E além da ação virtual, neste domingo (10) também foi realizado um ato em favor da recuperação do ator. Amigos, fãs e autoridades estiveram presentes na entrada do Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá e oraram por André.

“Este movimento solidário que está tomando forma em tono do André é elogiável, e demonstra que ele é uma pessoa admirada pelo trabalho incansável em compartilhar seu talento, levando o fazer artístico a todos e por todos os meios”, comenta Paulo Traven, secretário-ajunto de Cultura, Esportes e Lazer.

Almerinda (foto) é um dos personagens mais populares do ator

DESABAFO NAS REDES SOCIAIS

De acordo com o relato de pessoas próximas, André já está consciente, porém fala pouco. Dois dias antes da internação, ele publicou um texto no Facebook afirmando que estava sofrendo ameaças por conta de sua atuação política, e que portanto deixaria de trabalhar com o gênero, que, por sinal, consagrou a personagem Almerinda.

Além disso, relatou que também foi alvo de “trabalhos”, pois entraram em sua casa e deixaram uma vela vermelha acesa no banheiro. Ele teria procurado um médium que afirmou que foi feito “sacrifício de sangue” pedindo a morte do ator em poucos dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here